, Blog

Coworking também para grandes empresas

Já sabemos o que é o coworking e como ele funciona. Mas ainda existem equívocos feitos em relação a essa maneira inovadora de se pensar em ambiente de trabalho.

Em muitos websites referentes ao assunto, vemos um texto voltado aos profissionais free lancer e às pequenas e médias empresas. De fato, o ambiente de coworking pode ser muito vantajoso para esses perfis, proporcionando um escape do isolamento do home office, e maior interatividade com pessoas de diferentes áreas e com diferentes habilidades.

Com essa crença estipulada, muitos consideram difícil pensar no espaço de coworking para grandes empresas, já bem estabelecidas em seus respectivos setores. Porém, muitas delas vem buscando também soluções inovadoras utilizando-se da ideia.

Como é possível que grandes empresas utilizem o ambiente de coworking?

Isso pode ser feito de duas formas. A empresa pode disponibilizar dentro de seu ambiente próprio de trabalho, uma abertura para receber diferentes profissionais de diferentes áreas, freelancers e outras empresas, ou a empresa pode optar por colocar parte de seus funcionários trabalhando e interagindo em um ambiente de coworking terceiro, estabelecendo um sistema rotativo em que todos possam ter experiências diferenciadas com outros profissionais externos à empresa.

Por que seria vantajoso para grandes empresas aderirem ao coworking?

  • Vantagens internas:

Profissionais que estão acostumados a ficarem em um mesmo ambiente, vendo as mesmas pessoas e tendo os mesmos tipos de conversa, tendem a manter sua forma de pensar intacta. Ter estímulos externos e interagir com pessoas, com vivencias e mentalidade diferentes, pode ajudar um profissional a se desafiar e pensar fora da caixa.

  • Visão dos consumidores:

Interagindo com outros perfis, a empresa pode perceber tendências e preferências dentre seus consumidores. Permitindo o acesso de outros profissionais, poderia também aumentar o share of heart da marca, que seria vista de forma mais aberta, criativa e inovadora por seus consumidores.

  • Visão de quem faz negócios com a sua empresa:

Uma empresa que busca se diferenciar, estando a par do que acontece no mundo e a frente de inovações com certeza consegue uma percepção mais positiva por parte de seus investidores e fornecedores. Além disso, convidá-los para fazerem parte desse espaço mais criativo e aberto, pode estreitar as relações de negócio.

 

Quem está fazendo?

A Sprint, presente no setor de telecomunicações nos Estados Unidos, quando no Kansas city apoiando outra empresa, percebeu que teria muito espaço vazio durante alguns períodos e decidiu abrir seu ‘escritório’ para interação com a comunidade local.

A Coca-Cola, em Atlanta, também teve a mesma ideia e encorajou pessoas de seu time a trabalharem no novo espaço de coworking criado, junto a empreendedores locais.

O Itaú patrocinou e incentivou a criação do Cubo, novo espaço de coworking, que apoia empreendedores, disponibilizando mentores especializados em diversos temas e acesso a plataformas de educação empreendedora. Também foram criadas uma rede de conexão global e centro de eventos e congregação.

 

Quais os resultados?

Para Sprint

Para a Sprint, a criação do espaço proporcionou o encontro de empresas do subúrbios do Kansas com empreendedores do centro, fazendo-os colidirem suas ideias e tirando todos de sua “bolha” mental.

Para a Coca-Cola

Para a Coca-Cola, as conversas e a polinização cruzada ajudaram os funcionários a entenderem o que acontece fora do seu mundo “Coca-Cola”, deixando todos mais criativos e engajados. Também houve maior engajamento da comunidade no geral, que teve a oportunidade de absorver algum conhecimento da empresa.

No Geral

No geral, os colaboradores afirmaram primeiramente ficarem receosos, mas posteriormente inspirados pela mudança que culminou no aumento de sua criatividade. Houve suporte à economia local e a disponibilização de um local inovador de troca de ideias, ajudando empreendedores a aprenderem entre si e com empresas já estabelecida no mercado.

A disseminação de conhecimento por parte das empresas, aumentou a percepção positiva da marca. O espaço deu também abertura para novos negócios e maior percepção dos funcionários em relação aos seus consumidores, motivando-os a melhorar seus produtos e entenderem melhor seus clientes.

Vantagens gerais para todas as empresas:

Sejam pequenas, médias ou grandes empresas, o espaço de coworking possui benefícios que se manifestam a curto e longo prazo para todos os portes de corporações. Além de suas vantagens econômicas, o mais importante no espaço é a relação que ele proporciona com diferentes profissionais. É a partir dessa que surgem a criatividade, quebra de barreiras e inovação, essenciais para que a empresa cresça e adquira ou mantenha seu sucesso no setor em que atua.

Em nossa vida pessoal, só nos tornamos melhores quando nos desafiamos a sair daquilo que conhecemos; só temos uma perspectiva de quem somos quando nos submetemos a novos olhares. O mesmo ocorre para corporações, que muitas vezes precisam de uma quebra de costume e novas visões para se abrirem para o mundo e alcançarem mais altos patamares.

Post publicado originalmente em: http://coworking.blog.br/

Post Your Thoughts